Serviço Educativo - Núcleo de Arte da Oliva


O nosso Parceiro Núcleo de Arte da Oliva apresenta o Serviço Educativo com visitas guiadas,  oficinas e conferências.
Chamando a si a responsabilidade de estimular e aprofundar o conhecimento, fruição e confronto das comunidades com novas práticas artísticas, no cumprimento da sua missão, o Núcleo de Arte assume-se como um espaço integrador e inclusivo, espaço de independência e excelência, espaço educativo e lúdico, espaço questionador e desafiador, espaço pensante e criativo.
Nesse sentido, o serviço educativo realiza visitas orientadas às exposições patentes, mediante marcação prévia.
As visitas orientadas visam explorar pedagogicamente os conteúdos expositivos, levando o visitante a (re)descobrir e aprofundar o conhecimento sobre o pensamento contemporâneo.
Os movimentos artísticos, a obra, o artista e a pessoa por detrás da obra são alguns dos eixos essenciais destas visitas que propõem uma grande viagem à história da arte produzida desde meados do século XX até à actualidade.
Estimular a curiosidade e a reflexão em torno do mundo e das suas principais problemáticas através do olhar e pensamento críticos de diversos artistas e da visão, sempre única, de diferentes comissários, são o desafio maior destas visitas.
As visitas orientadas são preparadas em função dos escalões etários dos visitantes e dos seus interesses ou objectivos pedagógicos específicos.
Os programas orientados destinam-se a públicos escolares (todos os escalões de ensino, desde o pré-escolar ao ensino universitário), famílias, adultos, público especializado e professores e monitores (visitas preparatórias).

OFICINAS
COMO EU TE CONHEÇO
Direcionada para a exposição “Arte Bruta: Transgredindo Fronteiras_Obras da Coleção Treger/Saint Silvestre“
Descrição | Sei que vestes de azul e tens uma mochila às riscas, mas o que sei mais de ti? Nesta oficina, partindo de um conjunto de pequenos exercícios, os participantes a partir do conhecimento de si mesmo terão a oportunidade de explorar o outro através do apuramento de todos os sentidos. Esta oficina tem como objetivo estimular novas perceções sensoriais no conhecimento daqueles que estão todos os dias ao nosso lado. 

Nota: os exercícios serão adequados a cada grupo etário.
Público-alvo | Pré-escolar, 1º e 2ª Ciclos e Famílias

Duração | 90 ou 120 minutos
Conceção e orientação l Mariana Silva


UNIVERSO IMAGINADO
Direcionada para a exposição “Arte Bruta: Transgredindo Fronteiras_Obras da Coleção Treger/Saint Silvestre“
Descrição | Na Arte Bruta é comum ouvirmos falar na criação de universos pessoais e utópicos onde os artistas encarnam o papel de personagens principais e tudo é feito à sua medida. Nesta oficina, os participantes também terão a oportunidade de criar o seu universo. Partindo da exploração de princípios de organização do espaço e de organização social, será possibilitada a criação livre, através de estruturas simplificadas, de um universo imaginário.
Público-alvo | Pré-escolar, 1º e 2ª Ciclos e Famílias

Duração | 120 minutos
Conceção e orientação l Mariana Silva


MENOS BRUTO
Direcionada para a exposição “Arte Bruta: Transgredindo Fronteiras_Obras da Coleção Treger/Saint Silvestre“
Descrição | Uma análise, mesmo que breve, aos arquivos da história da arte torna clara a tendência ainda demasiado presente para perceber como menor, periférico e excêntrico este conjunto de artistas cuja alteridade desafia a vários níveis as correntes dominantes. Conversando, pintando, recortando, escrevendo, …, fazemos deste encontro um convite para construir a respeito destes extraordinários criadores um pensamento mais curioso, mais acolhedor, mais amplo e, assim, mais rico em possibilidades. Menos bruto.
Público-alvo | crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos ou alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Duração | 90 minutos
Conceção e orientação l Luísa Vidal


BONECAR COM ARTE
Direcionada para a exposição “Arte Bruta: Transgredindo Fronteiras_Obras da Coleção Treger/Saint Silvestre“
Descrição | Tendo como ponto de partida a exposição “Arte Bruta: Transgredindo Fronteiras” e como matéria-prima brinquedos, será pedido aos participantes para criarem obras de arte. Assim o brinquedo, objeto de diversão e de aprendizagem, torna-se num suporte artístico estimulando a criação artística das crianças.
Público-alvo l Pré-escolar

Duração l 60 minutos
Conceção e orientação l José Rosinhas


ETNOGRAFIAS
Direcionada para a exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima“
Descrição | Um direito e um dever. Defendemos que, muito além de um direito, pensar o mundo e reagir-lhe não podem senão entender-se, também, como um dever de cada um e de todos. Inspirados pelo espírito questionador e ativista dos artistas que vamos conhecer, partimos para a ruas! Como etnógrafos – câmaras em punho! –, registamos, registamos, registamos! Registamos o mundo, registamos pedaços do mundo, registamos pedaços do mundo que nos importa discutir. Juntos, discutimos. Crescemos.
Público-alvo l crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos ou alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l Luísa Vidal
Material | câmaras fotográficas e/ou vídeo digitais (a trazer por cada um dos participantes)


OBJETOS AO INFINITO
Direcionada para a exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima“
Descrição | Vamos olhar à nossa volta. Objetos e mais objetos. Sem nenhuma razão em particular escolhe um. Apenas um. Agora só o tens de multiplicar. Quantas vezes quiseres até ao infinito. Partindo de algumas obras presentes na exposição Todos os Direitos Reservados. Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima, esta oficina tem como objetivo demonstrar a multiplicidade de representações que os objetos do quotidiano são capazes de convocar, olhando para estes também como potenciadores da criação artística.
Público-alvo l 1º, 2º e 3º Ciclos

Duração l 60 minutos
Conceção e orientação l Mariana Silva


COISAS DA CIDADE
Direcionada para a exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima“
Descrição | Abrir portas e vamos para a rua! Missão: partir à descoberta da cidade. Material necessário: muita curiosidade e todos os sentidos em alerta máximo. Vamos ver com que linhas se desenham as ruas por onde andamos e quantas vezes os prédios onde vivemos são maiores do que nós. Vamos conhecer os nossos vizinhos e ouvi-los com o encanto de um primeiro encontro. Vamos fechar os olhos e ouvir. Por as mãos nos ouvidos e ver. Ver de novo e mais uma vez aquilo que se cruza connosco todos os dias e tentar ouvir aquilo que até hoje nunca chegou até aos nossos ouvidos. No fim de cada dia vamos guardar tudo aquilo que descobrimos na nossa city box. No fim da semana cada participante poderá levar consigo a sua caixa para nela continuar a guardar todas as coisas da sua cidade.
Público-alvo | 8 aos 12 anos

Duração | Oficina de longa duração (5 dias)
Conceção e orientação l Mariana Silva


ARTE SOCIAL – COISAS DO MUNDO
Direcionada para a exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima“
Descrição | A partir do conceito de “Escultura Social”, criado por Joseph Beuys, e tendo como ponto de partida obras que alertam para questões sociais contemporâneas, como por exemplo a obra de Carla Cruz, intitulada “European Dream” ou a obra “Occupy” de Carlos Correia, vamos convidar os participantes a criar um trabalho que tenha o poder, como a arte tem, de transformar a sociedade. Sensibilizar os jovens para a arte como agente de transformação da sociedade é o objetivo principal desta oficina.
Público-alvo l 3º ciclo e secundário

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l José Rosinhas


VAMOS CONHECER A FÁTIMA, O ROBERT, O PEDRO E O XANA
Direcionada para a exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima“
Descrição | Graffiti, ilustração, cultura popular, banda-desenhada e o universo infantil serão o ponto de partida da oficina. Assim, as obras de Fátima Mendonça (1964), Robert Combas (1957), Pedro Proença (1962) e do Xana (1959), patentes na exposição “Todos os Direitos Reservados Coisas do Mundo na Coleção Norlinda e José Lima, irão inspirar os participantes a criar uma obra contemporânea onde se revejam as influências e referências da cultura juvenil de hoje em dia.
Público-alvo l Pré-escolar, 1º e 2º Ciclos

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l José Rosinhas


SO AM I [EU TAMBÉM]
Direcionada para a exposição “I’m a Beautiful Monster. Obras da Coleção Treger/Saint Silvestre“
Descrição | E… não seremos todos…? Belos? Monstruosos? Não seremos todos este duplo tão inevitável quanto, à partida, desconcertante…? Aceitamos a viagem: mão nas massas, vasculhamo-nos e, qual sublime criação livre, representamo-nos! Belos! Monstruosos! Para lá de teimosas convenções, opressões e tiranias, compreendemos que nada aqui é do domínio do bem ou do mal, senão do natural, e à reflexão lúcida de Francis Picabia “I’m a beautiful monster”, respondemos serenos e divertidos “So am I [Eu também]”.
Público-alvo l crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos ou alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l Luísa Vidal


COLEÇÃO PRIVADA
Direcionada para qualquer exposição patente
Descrição | Sabemos que é, por exemplo, visitando museus e galerias e leilões e uma grande quantidade de ateliers que os nossos colecionadores saboreiam muitos pensamentos e encontram grande parte das peças que, por uma razão ou por outra qualquer, desejam guardar para si. Mas... poderemos fazê-lo de outras formas...? Sempre! Num animado passeio pela cidade, refletiremos sobre o que gostamos de manter junto a nós e trataremos, com boa dose de imaginação e audácia, de procurar, recolher e identificar o objeto que melhor nos torna presente aquela pessoa, o que melhor nos torna presente aquela memória, aquela sensação, aquele sonho... Então, partilhamos: que coisas mais me importam?, que objetos escolhi e trouxe para simbolizá-las? É a coleção de cada um. Privada.
Público-alvo l crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos ou alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l Luísa Vidal


ERA UMA VEZ
Direcionada para qualquer exposição patente
Descrição | Começam quase sempre assim. Já o desenrolar... o desenrolar é algumas vezes difícil de antecipar. Assim é nas nossas vidas e assim é, também, na história que aqui vamos criar! Era uma vez muitas, muitas, muitas obras de arte. Habitavam, fazia tempo, as nossas galerias. Em sossego. Cada qual em seu lugar. Até certo dia... Fora, para lá dos grandes portões que guardam as galerias, chegavam, um a um e com sede de agitação, o Acaso, a Fantasia, a Voz e a Ilustração. E entraram! Então...
Público-alvo l crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos ou alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Duração l 90 minutos
Conceção e orientação l Luísa Vidal


PREÇOS
Oficinas de curta duração:

2,5 € por participante
Oficinas de longa duração:
35 € por participante

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Oportunidade exclusiva para os participantes do II Encontro da Rede Portuguesa de Turismo Industrial - Aquisição da Norma Portuguesa da Qualidade do Turismo Industrial

Exposição Vestidos de Chita