Exposição "Da Terra à Indústria"

Armando da Silva Duarte Castro é um artista singular com influências na indústria e na natureza. 
Natural da Vila de Cucujães (1941) iniciou a sua vida de trabalho em S. João da Madeira onde começou como cortador na área do calçado. Com 26 anos, deixou o calçado e começou a trabalhar na Oliva na secção das torneiras, fundição e montagem de caloríferos.
Foi ao longo dos doze anos em que trabalhou na Oliva que foi surgindo o gosto pela criação de pelas com recurso a materiais provenientes da natureza.
Dedicando-se mais a este trabalho, Armando Castro, ao longo de um ano construiu o seu primeiro barco tendo esta obra já quase quarenta anos.
O gosto de trabalhar o passado deu origem a carruagens, coches, aviões e barcos muito detalhados. As ideias surgem quando Armando Castro se passeia pelo Parque Nossa Sra. dos Milagres, onde encontra os materiais, provenientes da natureza, para ornamentar as suas obras.
As peças patentes nesta exposição situam-se entre o artesanato e a arte singular onde o criador é um autodidata que não se enquadra nos circuitos comerciais de arte tradicionais. As peças são feitas com base em cartão reciclado, folha de eucalipto, troncos de árvores, cortiça, bolotas, sementes, entre outros materiais reutilizados, da natureza.
As peças com alusão à Industria enquadram-se numa mostra apresentada pelo Turismo Industrial de S. Joao da Madeira no âmbito das Comemorações da Semana da Terra que decorrerá entre os dias 21 e 28 de abril em S. João da Madeira.
A exposição inicia-se na Torre da Oliva a partir de terça feira às 18 horas. Venha conhecer!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Prémios APOM para S. João da Madeira